Dicas

 

 

10/06/2015

Alimentação na Estação Mais Fria do Ano

No inverno, a estação mais fria do ano, é comum a ingestão de pratos mais calóricos e tentadores. Nesta estação, ocorre um aumento das necessidades energéticas para manter a temperatura corpórea e ainda aumentar a resistência orgânica.  Então, para quem deseja emagrecer, o inverno é uma ótima opção, pois o metabolismo está aumentado, facilitando a perda de peso.
 
Para tentar repor a energia gasta de forma involuntária, nosso organismo tenta compensar o gasto energético, aumentando o apetite do indivíduo. Não é a toa que no inverno aumentamos nossa ingestão alimentar e a procura é por alimentos quentes e calóricos. As calorias ingeridas a mais no inverno, podem virar hábito de vida e ocasionar o aumento de gordura corporal, alterações nos níveis de colesterol, triglicérides, glicemia e inclusive elevação da pressão arterial, aumentando os riscos de problemas cardiovasculares. Desta forma, é recomendado durante o inverno, repensar nos exageros alimentares cometidos, e na preguiça relacionada à prática da atividade física.
 
Uma dica muito importante é continuar com os hábitos alimentares do verão, como uma boa ingestão de líquidos, frutas, legumes e verduras, e também a prática de atividade física de forma rotineira.
 
Tratando-se de alimentos, temos várias dicas para deixar seu inverno mais quente e saboroso, tornando os pratos menos calóricos e apetitosos.
 
1- No inverno podemos abusar na ingestão de sopas e cremes preparados com vegetais e grãos (ervilha, lentilha, feijão, grão de bico, aveia, trigo para quibe, etc). Sopas de legumes com grãos são uma excelente opção de jantar para as noites frias, acompanhando-as com torradas e queijo branco. Carnes magras, farelo de trigo ou aveia podem ser acrescentadas a essas sopas, o que faz aumentar o valor nutritivo;
 
2- O chocolate quente pode ser substituído por chá com adoçante, ou então prepare com leite desnatado e achocolatado light. O chocolate é rico em gorduras, podendo conter até mesmo gorduras saturadas (as mais perigosas para o coração), devido à adição de leite e/ou manteiga, o que pode aumentar os níveis de colesterol quando consumido em excesso. Uma opção é o chocolate desengordurado ou parcialmente desengordurado, o qual contém menos gordura que o normal, embora seja também calórico. Por exemplo, 100g de chocolate em pó comum tem 509 calorias, enquanto o mesmo produto desengordurado contém 383 calorias (em 100g);
 
3- Dê preferência na ingestão de queijos brancos e lights;
 
4- Quando fizer a ingestão de massas, prefira com molhos magros, como por exemplo, o molho de tomate;
 
5- Ótima opção para aumentar a temperatura do corpo são os chás, só devemos evitar os chás preto, pois contem cafeína que é estimulante;
 
6- Abusar na ingestão de frutas da estação, como a laranja e o maracujá que são ricos em vitamina C.
 
 
Então é muito importante cuidar da alimentação durante o inverno e não exagerar no consumo de massas, doces, bebidas para compensar o apetite aumentado. Uma boa seleção de alimentos pode suprir as necessidades aumentadas de calorias sem levar a um aumento do peso corporal.
Também devemos usar da criatividade para podermos aquecer as noites frias, sempre priorizando alimentos com baixo teor de gordura, light´s e diet´s.

 

Alimentação na Estação Mais Fria do Ano Alimentação na Estação Mais Fria do Ano Alimentação na Estação Mais Fria do Ano

 

 

Voltar